Diferentes princípios de jogo. Na zona de entrevistas, espaço para os comentários dos treinadores André Salvado (Casa Pia) e Pedro Silva (Belenenses).

Artigo

Casa Pia apostado em jogar no erro do adversário, com blocos tão compactos e sempre atrás da linha da bola que quase poderíamos falar em 5x5x0. A projecção ofensiva dos "gansos" era feita em parte pela subida dos laterais, com destaque para Diogo Faria na direita, e em parte também pela mobilidade dos médios, aí promovidos a avançados. Já o Belenenses, assumiu a iniciativa desde o primeiro minuto, com muita posse de bola e grande capacidade de recuperação. Na frente, Edu fez a diferença e cruzou para o primeiro de Diogo Pacheco, num primor de execução. À passagem do quarto de hora Álvaro Ramalho negou o empate com uma boa intervenção. Apesar do susto, parecia o Belenenses mais perto do golo, primeiro por Alcario, num lance em que um "ganso", na ausência do guarda-redes, neutralizou, depois pela velocidade de Edu.

Para a segunda parte o Casa Pia deixou de jogar tão compacto, fixando discretamente dois avançados nas alas, e o empate surgiu cedo, logo aos 47 minutos, na concretização de uma grande penalidade. A iniciativa continuava a pertencer ao Belenenses, que não tardou a recuperar a vantagem e ir mais além, chegando ao 3-1. Todavia, de uma recuperação no meio-campo, seguida do remate colocado do "ganso" Eduardo Baltazar, resultou um golo de belo efeito, ficando a vantagem reduzida a uma margem tangencial que duraria até ao minuto 80. Acumulando muitos cantos, do último surgiu o golo de Pedro Marques, a assistência de Daniel Oliveira.

Campo nº 3 do Estádio Pina Manique (Lisboa), 3 de Agosto de 2014, 9:30 horas.
Jogo particular, Pré-Temporada 2014/2015.
Casa Pia: Sandro Reis; João Cunha, João Frederico, Jorge e Salifo; Diogo Faria, Dani Costa, Gabriel Trigo e Léo; Fali Candé e Gonçalo Gomes. Jogaram ainda: David e Gonçalo Raposo (ambos guarda-redes), Francês, Gonçalo Vicente, Hugo Dias, Cheikh Gomes, Eduardo Baltazar, Ricardo Dias, Rayan, Mamadu e Joel. Treinador: André Salvado.
Belenenses: Álvaro Ramalho; David Castanheira, Alexandre Figueiredo, Tiago Miranda e Ricardo Janela; Cláudio Garcia, Eduardo Barros, João Trabulo e Diogo Pacheco; Afonso Alcario e Eduardo Correia "Edu". Jogaram ainda: Diogo Martins (guarda-redes), Diogo Rodrigues, Josué Gonçalves, Daniel Oliveira "Dani", Pedro Montoia, Bruno Bruno, Pedro Marques, Adilson Fernandes "Didi", Patrick Zidanne e Henrique Silva. Treinador: Pedro Silva.
Golos: 0-1, Diogo Pacheco (7'); 1-1, Dani Costa (47', g.p.), 1-2, Adilson Fernandes "Didi" (50'); 1-3, Patrick Zidanne (55'); 2-3, Eduardo Baltazar (71'); 2-4, Pedro Marques (80').